Descubra quais são os 5 primeiros sintomas de autismo infantil

Descubra quais são os 5 primeiros sintomas de autismo infantil
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

Identificar os primeiros sintomas de autismo infantil em crianças é fundamental para um diagnóstico precoce e para uma intervenção adequada.
Mas antes deixa eu deixar claro que a palavra sintoma não é a forma correta de usar, mas vou manter essa palavra no texto para melhor entendimento.

E por intervenção adequada, estou me referindo a abordagens e serviços direcionados especificamente para ajudar crianças com autismo a desenvolverem habilidades sociais, de comunicação e comportamentais que possam melhorar sua qualidade de vida e funcionamento no dia a dia assim que os primeiros sintomas de autismo infantil são percebidos pelos pais. 

O que esperar neste período inicial? 

O uso de terapias baseadas em evidências, como a Análise do Comportamento Aplicada (ABA), que se concentram em ensinar habilidades sociais, linguagem e comportamentos adaptativos. Essas terapias frequentemente usam técnicas de reforço positivo para incentivar o aprendizado.

Para as crianças com dificuldades de linguagem, terapias voltadas ao desenvolvimento da fala e da linguagem. Assim como terapias voltadas à habilidades motoras finas, habilidades de coordenação e para sensibilidades sensoriais.

Uma parceria com os profissionais de saúde mental e física da criança que apresenta os primeiros sintomas de autismo infantil, ajudando a lidar com questões emocionais e comportamentais e oferece apoio à família, fornecendo orientação, treinamento e recursos para ajudar os pais a entenderem e apoiarem seu filho com autismo.

Descubra quais são os 5 primeiros sintomas de autismo infantil

E quais seriam os sintomas dos quais estamos falando? 

Embora seja importante lembrar que cada criança é única e os sintomas podem (e vão!) variar amplamente, eu optei por selecionar cinco dos primeiros sintomas de autismo infantil que possuem maior ocorrência, e que os pais e cuidadores podem observar durante a primeira infância:

Atraso na comunicação e linguagem: Um dos primeiros sintomas de autismo infantil é o atraso no desenvolvimento da comunicação e da linguagem. Isso pode ser observado quando a criança não emite balbucios ou palavras nos momentos esperados para sua faixa etária. 

A falta de resposta a estímulos auditivos, como o próprio nome da criança, pode ser um indicativo significativo de autismo na infância. Em situações típicas, quando um bebê ou uma criança ouve seu nome chamado por um cuidador ou familiar, é esperado que ele reaja com atenção, olhando na direção da voz ou demonstrando algum sinal de reconhecimento. 

No entanto, crianças com autismo frequentemente não exibem essa resposta social, que é esperada nos primeiros anos de vida da criança. Elas podem parecer indiferentes aos estímulos sonoros do ambiente ao seu redor, o que pode incluir não responder ao chamado pelo nome. 

Essa falta de resposta inicial aos estímulos auditivos pode ser um sinal precoce de que a criança está enfrentando dificuldades na comunicação e na interação social, levando os pais e cuidadores a buscar avaliação profissional para investigar mais profundamente qualquer possível indicação de autismo.

Dificuldades na interatividade social: As crianças com autismo podem apresentar dificuldades significativas na interação social desde cedo. Elas podem evitar o contato visual, não responder aos sorrisos ou expressões faciais dos pais e não buscar o contato físico, como abraços. 

A falta de interesse em interações sociais é uma característica distintiva do autismo infantil. Diferentemente de crianças neurotípicas, que normalmente buscam atenção e interagem uns com os outros desde cedo, as crianças com autismo muitas vezes parecem desinteressadas ou indiferentes às tentativas de interação social ao seu redor. 

Elas podem evitar o contato visual, não responder a sorrisos ou expressões faciais, e podem não demonstrar interesse por brincadeiras sociais típicas, como jogos de esconde-esconde ou imitação de gestos. 

Descubra quais são os 5 primeiros sintomas de autismo infantil

Essa falta de engajamento em interações sociais é um dos primeiros sintomas de autismo infantil e pode ser uma das primeiras pistas observadas pelos pais ou cuidadores de que algo está diferente no desenvolvimento da criança e pode levar à busca de avaliação e diagnóstico por parte de profissionais de saúde especializados. 

A característica socialmente atípica é uma das razões pelas quais a detecção precoce e a intervenção são tão cruciais para crianças com autismo, pois quanto mais cedo a ajuda adequada é fornecida, melhores são as perspectivas de desenvolvimento social e emocional.

Comportamentos repetitivos: Muitas vezes, crianças que apresentam os primeiros sintomas de autismo infantil demonstram comportamentos repetitivos, como balançar as mãos, balançar o corpo, alinhar brinquedos de maneira específica ou repetir palavras ou frases sem contexto. Esses comportamentos repetitivos podem ser uma tentativa de lidar com a sobrecarga sensorial ou a ansiedade.

Aversão a mudanças: Crianças com autismo tendem a ser sensíveis a mudanças em sua rotina ou ambiente. Elas podem ficar muito angustiadas quando confrontadas com alterações inesperadas e podem insistir em manter as coisas exatamente como estão. Isso pode se manifestar em resistência a transições, como mudanças na alimentação, na hora de dormir ou em atividades cotidianas.

Falta de imitação: A imitação é uma habilidade importante para o desenvolvimento infantil. No entanto, crianças com autismo frequentemente têm dificuldade em imitar os gestos e ações dos outros. E dentre os primeiros sintomas de autismo infantil, é o que causa as primeiras impressões de desconforto por parte dos pais e cuidadores. Os pequenos podem não responder quando alguém tenta brincar de esconde-esconde ou não copiar gestos simples, como acenar “adeus”.

É importante enfatizar que esses sintomas podem variar em intensidade e podem não estar presentes em todas as crianças com autismo. Além disso, alguns sinais podem surgir antes dos 2 anos de idade, enquanto outros podem não se tornar evidentes até mais tarde. 

Portanto, se os pais ou cuidadores observarem qualquer um desses sinais ou tiverem preocupações sobre o desenvolvimento de uma criança, é aconselhável procurar a avaliação de um profissional de saúde, como um pediatra ou um especialista em desenvolvimento infantil, para um diagnóstico e orientação adequados. 

Quanto mais cedo o autismo for identificado, mais cedo a criança pode receber intervenções específicas que auxiliam no seu desenvolvimento.

Você sabia que a cada dia que passa a nossa rede de apoio para os pequenos com autismo é cada vez maior? Não somente os leitores e leitoras do blog, mas também os papais, mamães e profissionais da infância que participam ativamente das postagens nas redes sociais (Instagram, TikTok e Facebook) para compartilhar suas incríveis e únicas experiências. Participe você também! 

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
23 de dezembro de 2023
Antes de nos aprofundarmos um...
Calandar (2)
21 de dezembro de 2023
De acordo com o Centro...
Calandar (2)
17 de dezembro de 2023
Autismo severo como lidar é,...
Calandar (2)
11 de dezembro de 2023
A musicoterapia para autismo é...
Calandar (2)
9 de dezembro de 2023
O Transtorno do Espectro Autista...
Calandar (2)
1 de dezembro de 2023
Para responder a questão “autismo...
Calandar (2)
30 de novembro de 2023
O Transtorno do Espectro Autista...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo