Como é uma avaliação psicológica infantil?

avaliação psicológica infantil - criança e terapêuta
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área. Quer conversar comigo? Só deixar um comentário no final do conteúdo.

Entre as diversas áreas da psicologia temos, por exemplo, a psicologia infantil. Esse ramo da psicologia, como o próprio nome já indica, busca avaliar crianças. Existem diversas formas de avaliar e acompanhar esses pacientes, como através da avaliação psicológica infantil, que veremos mais a fundo como funciona nesse artigo.

De modo geral, o psicólogo que atua com pacientes infantis geralmente utiliza a psicoterapia como meio de tratamento. Os principais objetivos da psicologia infantil são trabalhar as emoções, os aprendizados e os conflitos psíquicos da criança durante essa fase tão importante de desenvolvimento.

Como a criança está em fase de desenvolvimento, é normal que ela desenvolva certos comportamentos que muitas vezes fogem do controle dos pais. 

Por ainda estar aprendendo sobre o mundo, o trabalho com psicólogo infantil ajuda a identificar as áreas que a criança pode estar com dificuldade, para que consiga controlar suas emoções, aprender de maneira mais saudável e divertida.

Antes de começar o atendimento psicológico infantil, é fundamental que o terapeuta possua uma base de dados para entender melhor a situação de cada paciente. É justamente por isso que a  avaliação psicológica infantil é tão importante.

Claro, todo terapeuta já possui conhecimentos importantes para lidar com diversos tipos de comportamentos de seus pacientes. Porém, realizando a  avaliação psicológica infantil o profissional consegue uma abordagem mais específica para cada caso, ajudando a aprimorar a qualidade de cada tratamento.

Pontos que essa avaliação poderá abranger

avaliação psicológica infantil - psicóloga preenchendo prancheta

A avaliação psicológica infantil pode ocorrer de diversas maneiras. A abordagem que será feita pelo psicólogo depende muito do aprendizado e dos conhecimentos de cada profissional. Normalmente, o terapeuta utiliza o método que ele tem mais familiaridade, buscando resultados mais precisos na avaliação e durante o tratamento também.

Além disso, na psicologia sempre teremos uma questão relacionada à escolha da abordagem terapêutica, ou seja, diferentes abordagens terão diferentes formas de avaliar a criança e de enxergar o processo terapêutico dela.

Existem alguns parâmetros que podem ser estabelecidos pelo terapeuta para abranger diferentes campos de avaliação, tais como: 

  • Avaliação do desenvolvimento da criança, 
  • Avaliação dos comportamentos, 
  • Avaliação da família 
  • Avaliação emocional
  • Avaliação de atenção
  • Avaliação de funções executivas
  • Avaliação de autismo, ou outros possíveis diagnósticos…

Por que é importante uma avaliação psicológica infantil?

avaliação psicológica infantil - criança sorridente

A avaliação psicológica infantil é essencial para garantir que a criança receberá um acompanhamento completo e bem estruturado. Usando uma ou mais abordagens que mencionamos anteriormente, o terapeuta consegue configurar parâmetros sobre as características de seu paciente, ou seja, como ele se comporta no dia a dia, quais são as emoções mais afloradas, como é a relação familiar, etc.

Como as crianças ainda não são “donas de si mesmos”, é fundamental abordar essa relação entre a criança, família e escola, por exemplo, pois são os agentes que interferem diretamente no comportamento das crianças e no modo como elas agem. 

É por isso que muitas das avaliações psicológicas infantis funcionam em conjunto com todos esses agentes.Os testes de avaliação psicológica infantil são ainda mais específicos pois são métodos estabelecidos por diferentes teóricos e práticos da área ao longo do tempo. Conheça alguns testes psicológicos utilizados na avaliação psicológica infantil: Denver II, Bayley, IDADI, PEP-R, IPO, TIME-R, entre outros.

Cada teste funciona de uma maneira. Alguns são por meio de questionários diretamente aos pais, outros avaliações práticas comportamentais das crianças, entre outros métodos. A escolha do teste aplicado também depende da capacidade e do traquejo que cada terapeuta tem para realizar.

Como realizar uma avaliação psicológica infantil?

psicólogo dando conselho a criança

Como dissemos, toda avaliação psicológica infantil depende muito do caso e da situação vivida pelos pacientes. De modo geral, a resposta inicial está na anamnese com os pais da criança, que consiste em uma entrevista com os cuidadores do paciente para coletar informações importantes sobre a família, relações familiares, comportamentos dos pais, parentes e da própria criança.

Com essas informações o psicólogo consegue entender para qual lado deve investigar. Nesse sentido o terapeuta funciona como um “detetive” nos primeiros passos, tentando entender para onde ir e buscando os testes e avaliações mais adequados para cada caso que apareceu em seu consultório.

Essa entrevista deve ser bastante detalhada; É preciso recolher o máximo de informações possível, incluindo detalhes da criança mesmo antes dela ter nascido, ou seja, durante a gravidez, gestação e parto. 

Com a criança já em desenvolvimento, é importante compreender mais detalhes acerca de sua rotina, comportamentos que são comuns tanto dentro como fora de casa, como elas se relacionam com os estímulos que lhe são passadas, suas relações com crianças e adultos de diferentes campos sociais, comportamento na escola.

A partir dessa investigação com os pais, os psicólogos conseguem ter mais instrumentos para optar por avaliações e testes que funcionam melhor com o determinado paciente, conseguindo criar um tratamento mais específico e assertivo para cada criança.

Na parte prática de teste e avaliação, pode ser desenvolvido atividades lúdicas para entender como o paciente reagirá a um determinado estímulo. Dessa maneira, o psicólogo pode utilizar brincadeiras, brinquedos e outros equipamentos para ver como a criança interage com esses instrumentos disponíveis no consultório.

Essa prática pode ser realizada com ou sem a participação do psicólogo, dependendo das ideias de cada terapeuta e da necessidade de avaliação de cada paciente.

Para mais dicas siga a tia Paulinha e veja esses posts sobre avaliação também:

psicóloga preenchendo prancheta em sessão

Para conseguir mais dicas sobre atendimento ou avaliação psicológica infantil, siga a tia paulinha nas nossas redes, site e blog. Você pode conferir esses conteúdos sobre a avaliação infantil que também podem ser interessantes para você que está tentando encontrar as melhores maneiras de aplicar essas ideias no seu trabalho ou até mesmo você que se interessa pelo assunto:

Conclusão

Como vimos, a avaliação psicológica de autismo é uma maneira importante que os psicólogos têm para conhecer mais sobre as crianças que irá atender e qual é o melhor método para conseguir um tratamento efetivo e de qualidade. Através de pesquisa familiar, entrevista e testes de observação do comportamento de cada paciente, o psicólogo consegue estabelecer parâmetros para criar estratégias mais precisas no atendimento.

E para mais novidades diariamente, me siga no Instagram: Paulinhapsicoinfantil ou dê uma olhada nos meus outros conteúdos do Blog.

Compartilhe esse conteúdo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário

Conteúdos que você também pode gostar