O que é o PEPR e entenda o porquê investir nele

O que é o PEPR e entenda o porque investir nele
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área. Quer conversar comigo? Só deixar um comentário no final do conteúdo.

Existem diferentes tipos de instrumentos de testagem e de avaliação psicológica em crianças, visando entender se o paciente possui alguma condição neurológica pré-existente, como o autismo. Um desses métodos de avaliação é o PEPR, que é o que falaremos no artigo a seguir.

A grande maioria desses testes foram desenvolvidos em outros países, sendo apenas traduzido e utilizado aqui no Brasil de forma básica, sem muito aprofundamento.

No entanto, o PEPR é um teste que se enquadra nessa categoria, visto que, está sendo utilizado no Brasil desde 1992, mas também foi apenas traduzido e utilizado por profissionais de diferentes áreas educacionais.

Apesar disso, como veremos na sequência, o PEPR pode ser um importante teste de avaliação do desenvolvimento das crianças, principalmente aquelas que possuem um transtorno neurológico pré-existente.

Marcos do desenvolvimento infantil

Marcos do desenvolvimento infantil

Antes de falarmos propriamente do PEPR, é importante destacar alguns pontos de contextualização. Primeiramente, é interessante falar sobre os marcos do desenvolvimento infantil, que são dados importantes para qualquer tipo de avaliação psicológica em crianças.

Toda ação que a criança desenvolve durante a fase de desenvolvimento, como a fala, o andar, correr, brincar, entre outras, são denominados no meio da psicologia como um marco do desenvolvimento infantil.

Esses marcos são importantes para que os psicólogos possam avaliar o desenvolvimento das crianças durante seus primeiros anos de vida, entender se elas estão de acordo com o que é considerado o desenvolvimento padrão e se não existem atrasos na evolução.

Quando ocorrem atrasos, principalmente quando são muito significativos, pode significar que a criança possui algum transtorno neurológico, visto que, esses atrasos são sintomas importantes de certos transtornos, como TEA, também conhecido como autismo.

Entretanto, é importante destacar que os marcos servem para ajudar os profissionais dessa área durante as avaliações, mas não funcionam como uma regra. Dessa maneira, uma criança pode apresentar certos atrasos no desenvolvimento, mas isso pode estar ligado, por exemplo, a forma como a criança está sendo criada e os ambientes em que ela está inserida.

Portanto, de modo geral, os marcos do desenvolvimento infantil são muito utilizados para determinar se existe ou não atraso nesse processo, exemplificando algumas etapas em que a criança deveria, supostamente, desenvolver algumas habilidades cognitivas durante as fases da infância.

Existem diferentes testes para avaliação do desenvolvimento infantil 

Existem diferentes testes para avaliação do desenvolvimento infantil

Como dissemos, existem diferentes maneiras de se avaliar o desenvolvimento infantil. Essa é uma corrente de estudo muito importante da psicologia, e que vem ganhando cada vez mais força. Nesse sentido, são desenvolvidos novos estudos e, consequentemente, novos testes de avaliação constantemente.

Os testes de avaliação do desenvolvimento infantil podem funcionar de diferentes formas. Enquanto alguns instrumentos são formados por questionários avaliativos, outros podem envolver a interação das crianças com um ambiente controlado.

Normalmente, é utilizado muito os jogos e brincadeiras, pois são instrumentos que as crianças costumam se interessar, facilitando o desenvolvimento das avaliações.

Entre esses testes, o PEPR é um dos mais conhecidos e utilizados, pois apresenta algumas funções e capacidades que são importante

O que é PEPR

O que é PEPR

Bom, como já foi dito anteriormente, o PEPR (Perfil Psicoeducacional Revisado) é um dos diversos tipos de teste de avaliação do desenvolvimento infantil.


Muitos psicólogos utilizam esse modelo de teste como o principal instrumento de avaliação do desenvolvimento das crianças. 

Esse teste é, normalmente, recomendado para a avaliação dos pacientes que estão sob suspeita de possuírem o TEA (autismo) ou então outro transtorno neurológico de maior relevância.

Esses transtornos podem gerar certa dificuldade no desenvolvimento infantil, principalmente no aprendizado.

Dessa maneira, a principal função e capacidade do PEPR é identificar possíveis irregularidades no aprendizado das crianças que podem estar na faixa etária do 1 aos 12 anos de idade.

A partir dessa avaliação, os psicólogos, juntamente com os pais e com outros profissionais educacionais, conseguem elaborar um plano psicoeducacional, facilitando o entendimento das crianças em diversas áreas da comunicação e dos estudos.

No teste de Perfil Psicoeducacional Revisado (PEPR),  é levado em consideração 7 aspectos primordiais de avaliação, que são:

  • Coordenação motora ampla;
  • Coordenação motora fina;
  • Coordenação viso-motora;
  • Percepção;
  • Imitação;
  • Performance cognitiva;
  • Cognição verbal.

A partir da avaliação desses atributos em nos pacientes, os profissionais que atuaram nesse processo, seja um psicólogo, neurologo ou pedagogos, por exemplo, podem desenvolver um plano de inserção dessas crianças em um ambiente escolar, ajudando-os a desenvolver capacidades sociais e conseguindo absorver o máximo de aprendizado possível dos estudos escolares.

Por que ele é funcional?

Por que ele é funcional?

Muitos dos testes utilizados para avaliação do desenvolvimento infantil são bastante complexos, com questionários imensos, o que torna o processo, tanto da entrevista com os pais, como a avaliação propriamente das crianças, um pouco mais cansativo.


Na contra mão disso, o PEPR é um teste prático e funcional, pois, apenas avaliando os atributos que foram mencionados anteriormente, o profissional que aplicou o teste consegue verificar e elaborar um plano de desenvolvimento e inserção em um ambiente escolar,  facilitando esse processo que poderia ser bastante difícil para quem possui certos transtornos neurológicos, como o próprio autismo.

Aplicação do teste

Aplicação do teste

Achou interessante conhecer mais sobre o teste PEPR? Bom, aqui com a Tia Paulinha você consegue conhecer ainda mais sobre como esse teste é aplicado, de que maneira ele avalia as crianças, quais são os planos desenvolvidos para a inserção das crianças no ambiente escolar, e muito mais.

Dessa maneira, entendendo essas vantagens, que são muitas, você pode passar a entrar em contato com a gente, visando entender mais sobre o funcionamento e o processo avaliativo dessas pessoas. 

Por isso, corra para se inscrever e adquirir o nosso curso, onde falaremos muito mais sobre como o PEPR está inserido no psico plano infantil. 

Conclusão

Como vimos, o teste PEPR é mais um dos testes de avaliação para o desenvolvimento infantil. Entretanto, existem muitos testes que acabam decepcionando, não exatamente pela eficácia, mas sim pela dificuldade na aplicação, demora e falta de fluidez.

O PEPR, no entanto, é um teste prático, que pode ser executado por profissionais educacionais de diferentes áreas. Entrando na lista de espera do nosso curso, você poderá se inserir numa viagem interessante para descobrir mais sobre o funcionamento dos testes de desenvolvimento infantil.

E para mais novidades diariamente, me siga no Instagram: Paulinhapsicoinfantil ou dê uma olhada nos meus outros conteúdos do Blog.

Compartilhe esse conteúdo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário

Conteúdos que você também pode gostar