Fobia Escolar Tratamento: Entenda seu tratamento e quais são os sintomas    

Fobia Escolar Tratamento: Entenda seu tratamento e quais são os sintomas    
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

A fobia escolar, também conhecida como recusa escolar, é um termo usado para descrever um comportamento persistente de evitar a escola ou recusar-se a frequentá-la devido a uma ansiedade significativa. Essa condição pode estar relacionada a diferentes fatores, incluindo fobias sociais, ansiedade de separação, bullying, problemas de aprendizado, entre outros. A fobia escolar tratamento exige bastante atenção para ser identificada, pois pode se manifestar de várias maneiras, e os sintomas podem variar de criança para criança.

Entenda alguns sinais de que uma criança pode estar com fobia escolar   

  1. Choro ou resistência intensa ao ir para a escola: A criança pode expressar um medo intenso ou ansiedade ao se preparar para ir à escola. Isso pode incluir choro, resistência física ou tentativas de evitar a ida à escola.
  1. Sintomas físicos: A ansiedade relacionada à escola pode manifestar-se em sintomas físicos, como dores de cabeça, dores de estômago, náuseas ou outros desconfortos físicos.
  1. Recusa em participar de atividades escolares: A criança pode evitar participar de atividades escolares, como apresentações em sala de aula, eventos ou interações sociais.
  1. Falta de interesse nas atividades escolares: A criança pode perder o interesse nas atividades escolares e ter um desempenho acadêmico prejudicado.
  1. Mudanças no comportamento em casa: A fobia escolar pode afetar não apenas o comportamento na escola, mas também em casa. A criança pode tornar-se mais retraída, irritável ou apresentar mudanças no sono e apetite.

As causas da fobia escolar podem ser diversas e podem incluir fatores emocionais, sociais ou acadêmicos. Alguns fatores que podem contribuir para a fobia escolar incluem bullying, problemas familiares, transtornos de ansiedade, dificuldades de aprendizado, mudanças escolares, entre outros.

Qual o tratamento para uma fobia escolar?  

O tratamento da fobia escolar geralmente envolve uma abordagem multidisciplinar, que pode incluir:

  1. Avaliação profissional: Um profissional de saúde mental, como um psicólogo ou psiquiatra infantil, pode realizar uma avaliação para identificar as causas subjacentes da fobia escolar.
  1. Intervenção terapêutica: A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é frequentemente utilizada para tratar a fobia escolar. A terapia pode ajudar a criança a desenvolver estratégias para enfrentar a ansiedade e superar o medo associado à escola.
  1. Apoio escolar: Trabalhar em colaboração com a escola é essencial. Isso pode incluir a implementação de estratégias de apoio, como a criação de um ambiente escolar seguro, o combate ao bullying e a adaptação das atividades para acomodar as necessidades da criança.
  1. Envolvimento dos pais: A participação ativa dos pais é crucial. Eles podem fornecer apoio emocional, ajudar na implementação de estratégias em casa e trabalhar com os profissionais de saúde mental e educadores para melhorar a situação.

Se você suspeitar que uma criança está enfrentando fobia escolar, é recomendável procurar a orientação de profissionais qualificados para uma avaliação e intervenção adequadas. O tratamento precoce pode ajudar a criança a superar seus medos e retomar uma experiência escolar mais positiva.

Fobia Escolar Tratamento: Entenda seu tratamento e quais são os sintomas    

Quais os profissionais indicados para o tratamento da fobia escolar  

A fobia escolar tratamento geralmente envolve uma abordagem multidisciplinar, e vários profissionais de saúde mental e educação podem desempenhar papéis importantes no processo de intervenção. Alguns desses profissionais incluem:

  1. Psicólogo Infantil ou Psicoterapeuta: Psicólogos especializados em crianças e adolescentes podem avaliar a causa subjacente da fobia escolar e oferecer intervenções terapêuticas, como a terapia cognitivo-comportamental (TCC). Eles trabalham para ajudar a criança a desenvolver estratégias para enfrentar a ansiedade e superar os medos associados à escola.
  1. Psiquiatra Infantil: Em casos mais graves ou quando há necessidade de avaliação médica para a possível prescrição de medicamentos, um psiquiatra infantil pode ser consultado. No entanto, a medicação geralmente é considerada apenas quando outras abordagens terapêuticas não foram eficazes ou em situações de extrema necessidade.
  1. Terapeuta Familiar: O envolvimento da família é crucial no tratamento da fobia escolar. Um terapeuta familiar pode ajudar os pais a entender e lidar com os desafios enfrentados pela criança, além de fornecer estratégias para apoiar o retorno positivo à escola.
  1. Assistente Social Escolar: Profissionais de serviço social na escola podem ajudar a identificar e abordar fatores sociais ou familiares que possam contribuir para a fobia escolar tratamento. Eles também podem colaborar com outros profissionais para implementar estratégias de apoio na escola.
  1. Educador ou Orientador Escolar: Educadores e orientadores escolares desempenham um papel importante na identificação precoce de problemas relacionados à escola. Eles podem colaborar com a equipe escolar e os profissionais de saúde mental para implementar estratégias de apoio e criar um ambiente escolar positivo.
  1. Neuropsicólogo: Se houver suspeita de dificuldades de aprendizado ou questões neuropsicológicas associadas à fobia escolar tratamento, um neuropsicólogo pode conduzir avaliações específicas para identificar e abordar esses aspectos.

O trabalho desses profissionais geralmente é colaborativo, envolvendo comunicação regular entre pais, escola e profissionais de saúde mental. É importante abordar não apenas os sintomas imediatos da fobia escolar tratamento, mas também identificar e tratar possíveis causas que não são fáceis de perceber.

Fobia Escolar Tratamento: Entenda seu tratamento e quais são os sintomas    

Se houver preocupações em relação à fobia escolar tratamento, é aconselhável procurar a orientação de um profissional de saúde mental ou educacional para uma avaliação adequada e a formulação de um plano de tratamento personalizado para a criança.

A importância da informação e acompanhamento psicológico   

Filhos são o bem mais precioso e cuidar da saúde e bem-estar deles é um dever de todos os pais. Por isso, é sempre necessário estar próximo dos filhos, principalmente a partir do momento em que a escola deixa de ser apenas um local onde eles passarão um período e passa a ser um local onde serão formados futuros  profissionais e seres humanos. Nesse período, é muito importante dar todo o suporte necessário e estar sempre atento às mudanças de humor e bem-estar dos filhos. 

Ao menor sinal de alterações no comportamento em relação à escola ou o convívio social, um profissional de psicologia ou psiquiatria deve ser consultado de imediato. 

Esse profissional será capaz de identificar a fobia escolar tratamento, bem como diversas outras fobias que podem estar afetando a saúde mental e o desenvolvimento da criança. 

Não somente fobias, como altuns transtornos como o TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), TEA (Transtorno do Espectro Autista), entre outros. 

É, inclusive, na infância que o autismo é descoberto e o diagnóstico e tratamento precoce podem trazer um conforto cada vez maior para a criança e também aos pais, que, com a ajuda de um profissional de psicologia, poderão lidar com esse transtorno da melhor forma possível. 

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
29 de fevereiro de 2024
A crise de ansiedade em...
Calandar (2)
27 de fevereiro de 2024
Discutir e conhecer os  sintomas...
Calandar (2)
25 de fevereiro de 2024
A ansiedade é uma emoção...
Calandar (2)
23 de fevereiro de 2024
A ansiedade é uma emoção...
Calandar (2)
21 de fevereiro de 2024
A infância é uma fase...
Calandar (2)
19 de fevereiro de 2024
A psicologia infantil desempenha um...
Calandar (2)
17 de fevereiro de 2024
Ao avaliar as habilidades sociais...
Calandar (2)
15 de fevereiro de 2024
Na terapia, diversas habilidades cognitivas...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo