Entendendo o TDAH em Crianças: Abordagens Psicológicas e como funciona a intervenção    

Entendendo o TDAH em Crianças: Abordagens Psicológicas e como funciona a intervenção    
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma condição neuropsiquiátrica comum na infância que afeta aproximadamente 5-10% das crianças em idade escolar. Caracteriza-se por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade que são mais intensos e frequentes do que o observado em crianças da mesma faixa etária. Entender o TDAH em crianças e as abordagens psicológicas para sua intervenção é essencial para promover o bem-estar e o desenvolvimento saudável das crianças afetadas.

O que é o TDAH em Crianças?

O TDAH em crianças é um transtorno do neurodesenvolvimento que se manifesta por dificuldades persistentes em manter a atenção, controlar impulsos e regular a atividade física. Essas dificuldades impactam negativamente a vida escolar, familiar e social das crianças. Os sintomas podem ser divididos em três categorias principais:

  1. Desatenção: Dificuldade em prestar atenção a detalhes, cometer erros por descuido, ter dificuldades para manter a atenção em tarefas ou atividades lúdicas, parecer não escutar quando falado diretamente, não seguir instruções, ter dificuldades para organizar tarefas e atividades, evitar ou relutar em se engajar em tarefas que requerem esforço mental sustentado, perder coisas necessárias para tarefas, ser facilmente distraído por estímulos externos e esquecer-se de atividades diárias.
  2. Hiperatividade: Agitar as mãos ou os pés, não conseguir ficar sentado por longos períodos, correr ou escalar em situações inadequadas, ter dificuldade em brincar ou se engajar silenciosamente em atividades, estar frequentemente “a todo vapor” ou “a mil por hora”, falar excessivamente.
  3. Impulsividade: Dar respostas antes das perguntas serem concluídas, ter dificuldade para esperar a sua vez, interromper ou se intrometer em conversas ou jogos dos outros.

Causas do TDAH em Crianças

As causas do TDAH em crianças são multifatoriais, incluindo fatores genéticos, neurológicos e ambientais. Estudos indicam que a genética desempenha um papel significativo, pois o TDAH tende a ser hereditário. Alterações em neurotransmissores, como a dopamina e a noradrenalina, e em estruturas cerebrais, como o córtex pré-frontal, também estão associadas ao TDAH.

Fatores ambientais, como exposição pré-natal a toxinas (álcool, tabaco, drogas), complicações durante o parto, baixo peso ao nascer e exposição a altos níveis de estresse ou adversidade durante a infância, também podem contribuir para o desenvolvimento do TDAH. No entanto, é importante ressaltar que o TDAH é uma condição complexa e não pode ser atribuída a um único fator.

Impacto do TDAH em Crianças

O TDAH em crianças pode ter um impacto significativo em várias áreas de suas vidas. No ambiente escolar, a desatenção e a impulsividade podem resultar em baixo desempenho acadêmico e problemas comportamentais. As crianças com TDAH frequentemente enfrentam dificuldades em seguir instruções, completar tarefas e interagir adequadamente com colegas e professores, o que pode levar a conflitos e isolamento social.

Em casa, o TDAH pode ser uma fonte de estresse para toda a família. Os pais podem se sentir frustrados ou exaustos ao tentar gerenciar o comportamento da criança, e os irmãos podem sentir que não recebem atenção suficiente. As crianças com TDAH também podem ter dificuldades em participar de atividades extracurriculares e outras situações sociais, o que pode impactar negativamente seu desenvolvimento emocional e social.

Entendendo o TDAH em Crianças: Abordagens Psicológicas e como funciona a intervenção    

Abordagens Psicológicas para o TDAH em Crianças

Dada a complexidade do TDAH em crianças, uma abordagem multidisciplinar é frequentemente a mais eficaz. As abordagens psicológicas desempenham um papel crucial no tratamento do TDAH, oferecendo estratégias para ajudar a criança a desenvolver habilidades de autocontrole, organização e regulação emocional. Aqui estão algumas das principais abordagens psicológicas:

1. Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)

A Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) é uma das abordagens mais eficazes para o TDAH em crianças. A TCC ajuda as crianças a identificar e modificar pensamentos e comportamentos disfuncionais, promovendo o desenvolvimento de habilidades de autocontrole e resolução de problemas. As técnicas da TCC incluem:

  • Reestruturação Cognitiva: Ajuda a criança a reconhecer e modificar pensamentos negativos ou distorcidos que contribuem para comportamentos impulsivos e desatentos.
  • Treinamento de Habilidades Sociais: Ensina habilidades de interação social, como esperar a vez, compartilhar, resolver conflitos e interpretar sinais sociais.
  • Técnicas de Autocontrole: Ensina estratégias para a criança gerenciar impulsos, como o uso de auto-instruções e técnicas de relaxamento.

2. Treinamento de Pais

O treinamento de pais é uma intervenção essencial para o TDAH em crianças, pois os pais desempenham um papel crucial na implementação de estratégias de manejo comportamental em casa. O treinamento de pais inclui:

  • Educação sobre o TDAH: Fornece aos pais uma compreensão detalhada do TDAH, seus sintomas e impacto.
  • Técnicas de Disciplina Positiva: Ensina estratégias de reforço positivo para incentivar comportamentos desejados e técnicas de disciplina efetiva para lidar com comportamentos desafiadores.
  • Estruturação e Rotina: Ajuda os pais a criar um ambiente doméstico estruturado e previsível, com rotinas claras e consistentes.

3. Intervenções Psicossociais

As intervenções psicossociais, como o treinamento de habilidades sociais e programas de apoio escolar, também são importantes no manejo do TDAH em crianças. Essas intervenções podem incluir:

  • Grupos de Habilidades Sociais: Programas em grupo que ensinam habilidades de interação social e ajudam as crianças a praticar essas habilidades em um ambiente seguro e de apoio.
  • Programas de Intervenção Escolar: Colaboração com escolas para desenvolver planos educacionais individualizados (PEIs) que incluam acomodações e suporte para atender às necessidades específicas da criança com TDAH.

4. Terapia Ocupacional

A terapia ocupacional pode ser benéfica para crianças com TDAH, ajudando-as a desenvolver habilidades de organização, planejamento e regulação sensorial. A terapia ocupacional pode incluir:

  • Treinamento em Habilidades de Vida Diária: Ensina habilidades práticas, como organização de materiais escolares, gerenciamento de tempo e auto-cuidados.
  • Intervenções Sensoriais: Ajuda a criança a gerenciar a hiperatividade e a impulsividade através de técnicas que promovem a regulação sensorial.
Entendendo o TDAH em Crianças: Abordagens Psicológicas e como funciona a intervenção    

Como Funciona a Intervenção para o TDAH em Crianças?

A intervenção para o TDAH em crianças geralmente envolve uma combinação de abordagens psicológicas, médicas e educacionais, adaptadas às necessidades individuais da criança. Aqui está um exemplo de como um plano de intervenção pode ser estruturado:

1. Avaliação Inicial

O primeiro passo é uma avaliação abrangente para confirmar o diagnóstico de TDAH e identificar quaisquer comorbidades (como ansiedade, depressão ou dificuldades de aprendizagem). A avaliação pode incluir entrevistas com os pais, professores e a própria criança, além de questionários e testes padronizados.

2. Desenvolvimento de um Plano de Tratamento Personalizado

Com base na avaliação, um plano de tratamento personalizado é desenvolvido. Este plano pode incluir:

  • Tratamento Medicamentoso: Se apropriado, medicamentos estimulantes ou não estimulantes podem ser prescritos para ajudar a controlar os sintomas de TDAH.
  • Terapia Cognitivo-Comportamental: Sessões regulares de TCC para ajudar a criança a desenvolver habilidades de autocontrole e resolução de problemas.
  • Treinamento de Pais: Sessões de treinamento para ajudar os pais a implementar estratégias de manejo comportamental em casa.
  • Intervenções Educacionais: Colaboração com a escola para desenvolver um PEI e fornecer acomodações e suporte adicional.

3. Implementação e Monitoramento

A implementação do plano de tratamento envolve a colaboração entre a criança, os pais, os professores e os profissionais de saúde. É importante monitorar regularmente o progresso da criança e fazer ajustes no plano conforme necessário. Isso pode incluir reuniões periódicas com a equipe de tratamento para revisar o progresso e ajustar as estratégias de intervenção.

4. Avaliação Contínua e Ajustes

O TDAH em crianças é uma condição dinâmica que pode mudar ao longo do tempo. Portanto, a avaliação contínua é essencial para garantir que o plano de tratamento permaneça eficaz. Isso pode incluir avaliações regulares com um psicólogo ou psiquiatra, feedback dos pais e professores e ajustes nos medicamentos ou nas intervenções terapêuticas conforme necessário.

Entender o que é tdah em crianças e quais as melhores abordagens psicológicas e intervenções

Entender o que é tdah em crianças e quais as melhores abordagens psicológicas e intervenções é fundamental para o sucesso da clínica e melhor atendimento aos pacientes. Por isso, é preciso buscar por conteúdos confiáveis. 

O curso PsicoPlano Infantil, presente no nosso site fornece todo o conhecimento necessário, baseado em informações adquiridas após anos atuando como psicóloga infantil e comprovado através do sucesso em relação ao atendimento dos pacientes. 

Portanto, caso você seja terapeuta infantil, e tenha interesse em adquirir um curso completo onde será ensinado desde a abertura de uma clínica psicologia infantil, como gerir a clínica, entender o que é tdah em crianças e quais as melhores abordagens psicológicas e intervenções e, assim, melhor atender seus pacientes, entre na fila de espera. Você será avisado assim que uma nova turma começar a ser formada. 

Sendo assim, e pensando em disseminar conhecimento não somente sobre entender o que é tdah em crianças e quais as melhores abordagens psicológicas e intervenções, mas também sobre os transtornos infantis, suas abordagens e intervenções, criei o meu blog, que fala não somente do autismo, mas dos demais transtornos também. Também é possível acompanhar todos os meus conteúdos no meu Instagram e Facebook, por lá é possível acessar todos os meus links e textos, não deixem de conferir! 

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
14 de julho de 2024
A terapia comportamental no autismo...
Calandar (2)
5 de julho de 2024
O Transtorno do Espectro Autista...
Calandar (2)
1 de julho de 2024
A hiperatividade infantil é um...
Calandar (2)
20 de maio de 2024
A integração necessária para a...
Calandar (2)
15 de março de 2024
As estereotipias do autismo são...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo