Elon Musk é autista? Em 8 de maio de 2021 – relevou que sim

Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área. Quer conversar comigo? Só deixar um comentário no final do conteúdo.
Elon Musk é autista?
Elon Musk é autista?

O empresário CEO da Tesla, Elon Musk é autista, foi no programa ‘Saturday Night Live’ (link do vídeo), no dia 8 de maio de 2021. A mãe de Elon Musk também apareceu no programa.

Assista o vídeo completo AQUI.

Quem é Elon Musk?

Elon Reeve Musk, possui uma fortuna estimada em mais de US$ 156,9 bilhões (mais de 821 bilhões de reais). Ele nasceu em 1971, em Pretória, cidade na África do Sul.

Segundo estimativas, Elon Musk possui o QI em torno de 155 pontos.

Elon Musk é autista?
(Photo via Getty Images)

Elon Musk sempre foi um apaixonado por ficção científica e aos 12 anos já teve seu primeiro empreendimento, nessa idade ele programou um jogo de computador chamado Blastar e o vendeu por 500 dólares para uma revista chamada PC and Office Technology.

Caso fique curioso para conhecer o jogo, ele foi disponibilizado gratuitamente por um programador do Google, clique aqui para acessar o jogo em HTML 5.

Apenas para você conhecer, nesse jogo, você deve destruir uma nave alienígena, que carrega bombas perigosas. Para jogar: movimente o personagem com as setinhas do seu teclado e atire com a Barra de Espaço.  O jogo lembra um pouco o Space Invaders, leve em consideração que foi um jogo programado por um menino de 12 anos.

Antes de seus 18 anos, o empresário se mudou para o Canadá, então ingressou no curso de física pela Queen’s University em Kingston.

Seis anos depois ele se mudou aos Estados Unidos. Inicialmente ele queria apenas se especializar em sua área, porém, iniciou a empreender com suas ideias e diferentes empresas foram surgindo no caminho.

Elon Musk é autista e é o fundador das seguintes empresas:

  • CEO e CTO da SpaceX;
  • CEO da Tesla Motors;
  • Vice-presidente da OpenAI;
  • Fundador e CEO da Neuralink;
  • Co-fundador e presidente da SolarCity.

.

Mas então, Elon Musk é autista?

Foi na noite desse sábado, quando foi host no programa humorístido “Saturday Night Live (SNL)”, no dia 8 de maio que Elon Musk revelou que é autista, falou que tem a síndrome de asperger. Então sim, Elon Musk é autista.

Elon Musk é autista?

Foi logo no começo do programa que ele falou, de forma bem humorada, sobre o seu diagnóstico. A frase foi assim: “Estou fazendo história hoje como a primeira pessoa com Asperger a apresentar o SNL”, disse Elon Musk. “Ou então a primeira pessoa a admitir isso”, brincou. 

Ainda em tom humorístico ele falou: “Então não farei muito contato visual nesta noite com o elenco, mas não se preocupem, eu estou indo muito bem em emular o comportamento humano.”

Ele ainda disse, em tom de piada: “Sei que disse ou postei coisas estranhas, mas é assim que meu cérebro funciona. Para qualquer pessoa que ofendi, só quero dizer: reinventei os carros elétricos e estou enviando pessoas a Marte em um foguete, vocês acharam que eu seria um cara normal e relaxado?”

Elon Musk é autista?
Elon Musk e seu filho XÆA-Xii

Ainda sobre assuntos e temas curiosos, Elon Musk explicou o nome do filho dele, o mais novo, que é XÆA-Xii, cuja pronúncia definiu como o barulho de “um gato atravessando o teclado de um computador”.

A mãe de Elon Musk também apareceu no programa, veja o vídeo completo no final do texto.

.

O que é a Síndrome de Asperger, Elon Musk é autista e asperger?

Autismo é um transtorno do neurodesenvolvimento, caracterizado por déficits em duas áreas principais:

  • Comunicação social – manifestada em déficits na reciprocidade emocional e nos comportamentos não verbais da interação social.
  • Padrões restritos e repetitivos de comportamento e interesses. Manifestado por atividades e movimentos repetitivos, estereotipados, insistência em rotina, inflexibilidade à mudanças, interesses fixos – hiperfoco.

Os sintomas devem estar presentes no período de desenvolvimento, em fase precoce da infância, mas podem se manifestar com o tempo conforme as demandas sociais excedam as capacidades limitadas. 

.

Autismo e Síndrome de Asperger são a mesma coisa?

Elon Musk é autista?

As pessoas ainda estão divididas em relação à essa informação, pois no DSM-V (Diagnóstico de Saúde Mental) não temos mais o termo “Síndrome de Asperger”, na mudança dos critérios diagnósticos em 2013, quando o DSM-IV mudou para o DSM-V, a nomenclatura síndrome de asperger saiu do foco e entrou dentro de “Transtorno do Espectro do Autismo” nível 1.

Porém, no CID-10 ainda existe a nomenclatura “Síndrome de Asperger” como um diagnóstico, mais especificamente o F84.5.

Porém, em 2022 teremos alteração na CID, com a chegada da CID-11, na qual o termo “Síndrome de Asperger” não irá mais existir. Aqui estão as novas classificações do autismo dentro da CID-11:

Autismo na CID-11

  • 6A02 – Transtorno do Espectro do Autismo (TEA)
    • 6A02.0 – Transtorno do Espectro do Autismo sem deficiência intelectual (DI) e com comprometimento leve ou ausente da linguagem funcional;
    • 6A02.1 – Transtorno do Espectro do Autismo com deficiência intelectual (DI) e com comprometimento leve ou ausente da linguagem funcional;
    • 6A02.2 – Transtorno do Espectro do Autismo sem deficiência intelectual (DI) e com linguagem funcional prejudicada;
    • 6A02.3 – Transtorno do Espectro do Autismo com deficiência intelectual (DI) e com linguagem funcional prejudicada;
    • 6A02.4 – Transtorno do Espectro do Autismo sem deficiência intelectual (DI) e com ausência de linguagem funcional;
    • 6A02.5 – Transtorno do Espectro do Autismo com deficiência intelectual (DI) e com ausência de linguagem funcional;
    • 6A02.Y – Outro Transtorno do Espectro do Autismo especificado;
    • 6A02.Z – Transtorno do Espectro do Autismo, não especificado.

Elon Musk é autista ou Asperger?

Elon Musk é autista sim, e independe o nome específico, se “síndrome de asperger” ou “autismo nível 1” ou ainda “Transtorno do Espectro do Autismo sem deficiência intelectual (DI) e com comprometimento leve ou ausente da linguagem funcional” – qualquer uma dessas opções ou termos técnicos nos levam a conlusão de que sim, Elon Musk é autista e isso nos traz grandes reflexões sobre o autismo.

Muitas pessoas acham que o autismo é incapacitante, que a pessoa não poderá viver “no mundo real” e estará sempre isolada e a parte. Porém, a representatividade de pessoas autistas que falam sobre o autismo é muito importante para as famílias começarem a enxergar o potencial de seus filhos.

Então todo autista pode ser um “Elon Musk” ? Claro que a nossa reflexão vai muito além disso, se eu te perguntar se todo programador pode ser um “Bill Gates” ou um “Steve Jobs”, você acha que teríamos essa resposta? É impossível sabermos do futuro de nossos pacientes autistas. Assim como de qualquer criança que atendo, ou qualquer pessoa no mundo.

Mas temo que validar a representatividade que acontece para diferentes autistas e suas famílias quando sabemos que o bilionário Elon Musk é autista. O autismo se aproxima da nossa realidade, diminuimos o capacitismo em entender que o autismo é somente uma forma de ser, não tem nada de incrível ou sensacional em ser autista e inteligente. É mais comum do que sabemos, porém, por não falarmos muito sobre isso, cada vez que aparece a gente ainda fica chocado.

.

O que podemos fazer no hoje então, Tia Paulinha?

No hoje, podemos encontrar o acesso de interesse de nossos pacientes e filho autistas e usar isso para ensinar regras sociais e dicas de comunicação social que eles irão precisar nesse mundo.

Estudar mais sobre o autismo e não generalizar os casos também é muito importante, pois assim como as pessoas neurotípicas são únicas na sua forma de ser, pessoas autistas também serão. Com diferentes gostos e personalidades.

A partir do momento em que entendemos que vivemos em um mundo neurodiverso, e que cada cérebro funciona de uma forma diferente, algums dentro do TDAH, outros dentro do TEA, outros dentro de síndromes e outros transtornos, a gente aprende a enxergar a beleza das diferenças e o quanto podemos aprender e crescer com isso.

Portanto, antes de querer que todo mundo seja “normal” e “igual”, vamos aprender a adaptar situações e realidades para a individualidade de cada um, somente esse olhar já é nosso primeiro passo.

E claro, para saber mais sobre autismo você poderá acessar os seguintes textos:

Como saber se meu filho é autista?

Autismo em meninas.

Principais características do autismo leve.

Autismo em bebês.

Cura do autismo, existe?

E para mais dicas ainda, me siga no instagram, facebook e youtube!

Até mais 😀

Compartilhe esse conteúdo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário

Conteúdos que você também pode gostar