Como funciona a psicoterapia autismo infantil?

Como funciona a psicoterapia autismo infantil?
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

A psicoterapia se fraciona em várias abordagens. Dentre elas, se encontra a psicoterapia autismo infantil, voltada ao atendimento de crianças diagnosticadas com TEA, e é esse tema que trago aqui dessa vez.

Para o espectro autista, a intervenção psicológica se destaca como a maior responsável pelos recursos disponíveis, sendo fonte constante de contribuições para o tratamento tanto de crianças quanto de adultos que convivem com o autismo, porém não a única. Devido às peculiaridades do transtorno neurológico, fazendo de cada paciente único, é possível que as dificuldades cognitivas e motoras necessitem de outros atendimentos especializados como fisioterapia ou atenção nutricional.

O terapeuta infantil, porém, destaca-se de forma diferenciada para a criança com TEA, a infância é o período no qual os aspectos primários da personalidade e do desenvolvimento pessoal irão florescer e orientar a relação que uma pessoa terá com o ambiente externo. Sendo assim, o psicólogo tem uma função ativa para auxiliar durante a adaptação social e comunicativa deste paciente. 

O que é TEA? 

Por mais disseminadas que estejam as informações hoje, o diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista (TEA) é sempre recebido com receio pela família do paciente, naturalmente. O primeiro passo para compreender as características do autismo na criança e como elas irão se manifestar e afetar cada indivíduo é a aceitação do diagnóstico, e ele requer tempo. 

Ademais, a condição neurológica reflete, principalmente, na forma como se dá a convivência social e a comunicação da criança, que podem ser distintas do que é comum para a faixa etária. Indiferentemente às peculiaridades de cada indivíduo e dos profissionais envolvidos para realizar as intervenções necessárias, a psicoterapia autismo infantil é essencial para a garantia da saúde psicológica da criança. 

Psicólogo e família 

Como funciona a psicoterapia autismo infantil?

O núcleo familiar e sua relação com ele é um dos pilares no atendimento da psicoterapia autismo infantil. Nós, enquanto profissionais da psicologia, contarmos com os familiares para dar continuidade às práticas é um diferencial que irá garantir o sucesso do nosso trabalho dentro do consultório. 

A partir do canal aberto de comunicação entre terapeuta e os cuidadores da criança, a troca de informações relevantes acontece de forma natural e ampla, sempre prevalecendo o acompanhamento do desenvolvimento do paciente. Conhecer mais sobre sua rotina, suas dificuldades e conquistas, faz com que os métodos adotados promovam assertividade no processo terapêutico. 

Além dos benefícios que já mencionei, a família, quando ativa e participativa na evolução da criança, se sente segura quanto ao desenvolvimento e os resultados positivos da psicoterapia autismo infantil tanto na saúde psicológica do paciente, quanto nas próprias ações e decisões que envolvam o seu bem estar. 

Equipe multidisciplinar 

A multidisciplinaridade é o resultado de uma ação tomada a partir de diversas perspectivas. Quando se trata de educação, ela se dá em uma atividade de arte que envolve conhecimentos matemáticos e interpretação de texto, por exemplo. Na psicoterapia autismo infantil ela se dá a partir do trabalho conjunto com terapeutas ocupacionais, profissionais que trabalham a psicomotricidade, musicoterapeutas, grupos voltados para habilidades sociais e fonoaudiólogos. 

Ao atender um paciente com autismo, é importante se atentar às demandas pessoais da criança. Para que o processo terapêutico seja eficiente, a participação dos demais profissionais se torna natural. Um dos espaços mais frequentados pela criança, no qual grande parte do seu desenvolvimento ocorre, é a escola. Os professores e demais educadores necessitam, assim como a família, de orientações quanto ao pequeno indivíduo que está sendo acolhido na instituição. 

Assim como médicos e fisioterapeutas, os professores irão contar com o psicoterapeuta para orientar tratamentos e métodos que sejam funcionais e façam sentido para a criança. Afinal, muito além do consultório, a psicoterapia autismo infantil trabalha diretamente com a pessoa em formação inserida em uma sociedade, em contato com outras pessoas, que necessita se comunicar, interagir, participar e encontrar sua independência de forma saudável e segura com o apoio devido. 

Abordagens 

Como funciona a psicoterapia autismo infantil?

A psicoterapia autismo infantil é a grande personagem por trás do enfrentamento dos desafios diários do pequeno paciente com TEA. De natureza individual ou social, as dificuldades encontradas necessitam atenção e trabalho constantes para que não se tornem empecilhos permanentes no crescimento da criança autista. Por este motivo, psicoterapeutas se utilizam de diversas abordagens que mostraram resultados positivos. 

  • Análise de Comportamento Aplicada (ABA)

    O método ABA é a proposta de intervenção mais divulgada. Desde as primeiras publicações em 1987, esta abordagem foca no ensino de comportamentos com base nos acontecimentos anteriores e posteriores à ação. Ainda de acordo com a teoria da aprendizagem operacional, é oferecida uma recompensa após o paciente apresentar o comportamento desejado, reforçando-o.

    Um importante contraponto a ser considerado ao aplicar o ABA é a limitação do método, pois ele se torna ineficiente perante novas situações e é altamente dependente do direcionamento dado pelo adulto. 
  • Intervenção de desenvolvimento baseada nas relações (DRBI)


Já a DRBI, como o nome diz, tem em sua base a relação com os cuidadores da criança. A partir da constante formação, a intervenção é feita diretamente com os pais ou responsáveis.



O intuito é que as interações entre o paciente e seus cuidadores sejam significativas e livres de recompensas ou direcionamentos fixos, tendo o interesse especial da criança como referência para as atividades, a fim de auxiliar na sua criatividade, comunicação, desenvolvimento de ideias e estabelecimento de ligação social com as figuras familiares. 

  •  Intervenção naturalista de desenvolvimento comportamental (NDBI)


Diferentemente das anteriores, a NDBI traz um maior leque de escolhas a fim de aumentar a adesão da criança ao tratamento. O processo de aprendizagem se dá de forma natural durante brincadeiras e atividades rotineiras, e as recompensas são relacionadas ao seu interesse especial.

A escolha dos objetivos a serem alcançados é baseada nas capacidades de cada criança para aumentar suas habilidades comunicativas e seu vocabulário, por exemplo, e desenvolver novos comportamentos benéficos. 

Afinal, a psicoterapia autismo infantil é um processo constante, e a escolha do tratamento que irá oferecer a melhor resposta para seu paciente depende de diversos fatores intrínsecos à individualidade de cada criança. Eu, tia Paulinha, ofereço diversas soluções e conteúdos atualizados para te auxiliar no seu processo no meu PscioPlano Infantil, assim como estou sempre disponível para esclarecer suas dúvidas nas minhas redes: Instagram e TikTok. Acompanhe também o meu blog para não perder ótimos recursos disponíveis! 

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
17 de abril de 2024
Tornar-se um especialista em psicologia...
Calandar (2)
11 de abril de 2024
Abrir um consultório de psicologia...
Calandar (2)
7 de abril de 2024
Planejar uma consulta de psicologia...
Calandar (2)
3 de abril de 2024
A busca por especialização em...
Calandar (2)
28 de fevereiro de 2024
A intervenção de qualquer transtorno...
Calandar (2)
27 de janeiro de 2024
A prática da psicologia infantil...
Calandar (2)
25 de janeiro de 2024
A Psicologia Infantil desempenha um...
Calandar (2)
21 de janeiro de 2024
O desenvolvimento emocional e cognitivo...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo