Criança com TEA: Entenda o que você como mãe precisa saber

Criança com TEA: Entenda o que você como mãe precisa saber
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

Receber o diagnóstico de autismo para um filho pode ser um momento desafiador e cheio de incertezas para qualquer mãe. Ser, mãe, afinal, é uma jornada permeada de surpresas, assim como é conviver com a criança com TEA. 

Com o conhecimento, apoio e recursos adequados, as mães podem desempenhar um papel diferenciado e central no desenvolvimento e no bem-estar de seus filhos autistas. 

Vamos, então, explorar um pouco o que toda mãe de uma criança com TEA precisa saber para fornecer o melhor suporte possível.

Entendendo o autismo

O primeiro passo para lidar eficazmente com a criança com TEA é compreender o  que é o transtorno e como ele “age” no cérebro. O TEA é uma condição neurológica que afeta o processamento de informações no cérebro, levando a diferenças no desenvolvimento da criança em comparação com os demais da mesma idade. 

O autismo não é uma doença, e sim uma parte fundamental da identidade do seu filho, ou filha.

Sua criança é única

Eu gosto de lembrar que não existe um perfil único para a criança com TEA. O transtorno de forma alguma anula a personalidade, os gostos, as preferências, ou seja, a identidade de uma criança.

O autismo é chamado de “espectro” porque engloba uma ampla gama de características e níveis de funcionamento. O que funciona para uma criança autista pode, sim, simplesmente não funcionar para outra, e é essencial abordar as necessidades individuais do seu pequeno.

A Importância do diagnóstico precoce

Obter um diagnóstico preciso e precoce é fundamental. Quanto mais cedo o autismo for identificado, mais cedo as intervenções apropriadas podem ser implementadas. Muitos pais notam sinais de autismo nos primeiros anos de vida de seus filhos, como a falta de contato visual, atrasos na fala ou dificuldades em interagir socialmente. Se você suspeitar de autismo, procure avaliação e diagnóstico por meio de um profissional qualificado e especializado.

Criança com TEA: Entenda o que você como mãe precisa saber

Apoio psicológico é essencial

Intervenções precoces podem fazer toda a diferença no desenvolvimento de uma criança autista. Terapias comportamentais, como a Análise do Comportamento Aplicada (ABA) e a Terapia de Integração Sensorial, são exemplos de intervenções que podem ser altamente eficazes quando iniciadas cedo. Elas visam melhorar habilidades sociais, de linguagem e comportamentos adaptativos.

E como funciona a inclusão? 

A inclusão da criança com TEA em ambientes sociais e educacionais envolve a criação de um ambiente que valoriza a diversidade e atende às necessidades individuais da criança. E ela não ocorre de forma padronizada. 

Ambiente escolar inclusivo: A inclusão escolar envolve a matrícula de crianças autistas em escolas regulares, ao lado de seus pares neurotípicos. As escolas inclusivas adaptam suas práticas para atender às necessidades de cada criança, fornecendo apoio adicional, se necessário. 

Estes apoios podem incluir salas de aula com tamanhos menores, recursos de apoio à comunicação, adaptações no currículo e treinamento para professores sobre o transtorno.

Individualização: Cada criança com TEA é única, com diferentes pontos fortes, desafios e necessidades. Portanto, a inclusão bem-sucedida depende da individualização do suporte. 

Os planos de educação individualizados (IEPs) são usados para personalizar o ensino e o suporte de acordo com as necessidades específicas da criança. Isso pode incluir terapias de fala, terapia ocupacional, apoio para habilidades sociais e muito mais.

Apoio de profissionais especializados: Profissionais, como psicólogos, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos, desempenham papéis essenciais na inclusão. Eles trabalham em estreita colaboração com educadores e pais para desenvolver estratégias e intervenções que ajudem a criança autista a se adaptar ao ambiente escolar e social.

Comunicação eficaz: A comunicação é frequentemente um desafio para crianças autistas. Portanto, ambientes inclusivos enfatizam a comunicação eficaz. Isso pode envolver o uso de comunicação alternativa e aumentativa (CAA), quadros de comunicação visual e apoio de fonoaudiólogos.

Treinamento de professores: Os educadores desempenham um papel vital na inclusão. O treinamento adequado sobre autismo e estratégias de ensino inclusivas é fundamental para criar um ambiente de aprendizado bem-sucedido para a criança com TEA.

Flexibilidade e paciência: A inclusão bem-sucedida muitas vezes requer flexibilidade e paciência. As crianças autistas podem precisar de adaptações ou tempo adicional para concluir tarefas. Os educadores e colegas devem estar dispostos a oferecer esse apoio.

Foco nas habilidades sociais: Desenvolver habilidades sociais é uma parte crucial da inclusão. A criança com TEA pode se beneficiar de programas que ensinam a entender e responder às pistas sociais, a fazer amigos e a lidar com situações sociais complexas.

Criança com TEA: Entenda o que você como mãe precisa saber

Apoio aos pais: Os pais desempenham um papel fundamental na inclusão de seus filhos autistas. Isso envolve parceria com a escola, compreensão das necessidades de seu filho e fornecimento de apoio emocional em casa.

Acompanhamento e avaliação: A inclusão é um processo contínuo que requer monitoramento e avaliação regular. Os planos e as estratégias podem precisar de ajustes à medida que a criança cresce e muda.

A inclusão eficaz se baseia na aceitação da diversidade e na compreensão de que todas as crianças têm o potencial de aprender e se desenvolver quando recebem o suporte adequado. 

Há diversos recursos disponíveis!

Procure recursos locais e online que possam apoiar você e seu filho. Grupos de apoio, organizações de autismo e sites confiáveis podem fornecer informações valiosas, oportunidades de networking e aconselhamento emocional.

Não se esqueça!

Lidar com as demandas de cuidar de uma criança autista pode ser emocionalmente desafiador. Lembre-se de que cuidar de si mesma é fundamental para poder cuidar de seu filho. Reserve um tempo para autocuidado, busque apoio emocional quando necessário e não hesite em pedir ajuda aos profissionais envolvidos.

O amor e o apoio da família toda são fundamentais 

Por fim, lembre-se de que o amor e o apoio incondicionais que sua família oferece são fundamentais para o bem-estar de seu filho. O autismo pode trazer desafios, mas também recompensas únicas. O amor e aceitação ajudarão seu filho a prosperar e a se tornar a melhor versão de si mesmo.

Ao educar-se sobre o autismo, defender as necessidades de seu filho e fornecer um ambiente amoroso e inclusivo, você está fazendo uma diferença insubstituível em sua vida e no mundo ao seu redor. Lembre-se de que você não está sozinha nesta jornada e que há recursos e comunidades dispostos a ajudá-la ao longo do caminho.

Ainda com dúvidas? Você pode me encontrar no Instagram, no Facebook, no TikTok ou no YouTube para saber mais sobre o que está acontecendo com o seu pequeno! 

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
15 de março de 2024
As estereotipias do autismo são...
Calandar (2)
13 de março de 2024
O hiperfoco infantil é um...
Calandar (2)
11 de março de 2024
O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é...
Calandar (2)
5 de março de 2024
Os transtornos infantis são condições...
Calandar (2)
3 de março de 2024
O Transtorno Opositivo Desafiador (TOD)...
Calandar (2)
1 de março de 2024
A identificação e intervenção precoce...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo