5 atividades para trabalhar a inteligência emocional

atividades para trabalhar a inteligência emocional
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

Após anos de estudo e avanços na área da psicologia infantil, especialistas chegaram em diversas conclusões sobre vários pontos muito importantes dentro dessa área. Um deles, é a importância do trabalho de autoconhecimento emocional do seu paciente, por isso preparei algumas atividades para trabalhar a inteligência emocional do seu paciente. 

Com essas atividades você verá o quanto é necessário um trabalho especial e dedicado em conjunto com o bem-estar do seu paciente.

O que é e qual a finalidade das atividades para trabalhar a inteligência emocional

atividades para trabalhar a inteligência emocional

Todas as atividades para trabalhar a inteligência emocional que eu trago neste texto são muito importantes para a dinâmica de interação com seu paciente, porém, antes disso, precisamos saber: o que de fato é a inteligência emocional? 

Inteligência emocional nada mais é do que a interpretação dos próprios sentimentos. É uma forma de autoconhecimento, saber interpretar e lidar com as próprias emoções. Sem dúvida, o primeiro passo para ser uma pessoa psicologicamente saudável é se conhecer bem e saber lidar com as próprias emoções e sentimentos. 

Isso é um conceito usado na psicologia há muito tempo e possui alguns pilares fundamentais para entender melhor o significado de inteligência emocional, porque para ter inteligência emocional, é necessário obter sucesso nesses 5 fundamentos.

Para isso, recomendarei algumas atividades para trabalhar a inteligência emocional de forma eficiente e divertida. 

Conhecer as próprias emoções

Para se conhecer melhor, é legal usar caixinhas que trabalham as emoções, com expressões e emojis que representam os sentimentos básicos e fundamentais ou atividades com velcro, assim ajuda seu paciente a memorizar e fixar as ideias e ensinamentos passados pela atividade. 

Para ajudar a interpretação e fomentar a discussão sobre esse assunto, recomendo o filme Divertida Mente, da Pixar, uma animação de infantojuvenil que trata os sentimentos de forma muito didática e descontraída, funcionando como um bom ponto de partida para trabalhar em consultório sobre os personagens. Essas são só algumas atividades para trabalhar a inteligência emocional do seu paciente que auxilia no processo de conhecimento das próprias emoções.

Controle das emoções

Controle das emoções

Após exercitar bem o conhecimento e a interpretação das próprias emoções, está na hora de começar a estimular o controle delas. Para isso, é preciso ter compreensão dos próprios sentimentos, e também saber controlar não só as emoções como nossas ações também.

Portanto, as atividades devem ser elaboradas de maneira que estimule e exercite a tomada de decisões e atitudes, exercícios que possuam alguma clareza no seu resultado, ensinando o paciente a resolver questões cotidianas e naturais da vida diária. 

Podemos usar como exemplo esse jogo em pdf, criado por uma amiga minha, chamado Resolução de Problemas Ganha/Ganha. Com esse jogo, é possível chegar em diversas soluções para os problemas criados no pdf, dessa maneira, seu paciente conseguirá aprender a lidar e a resolver problemas úteis, onde todos saem sempre ganhando e, consequentemente, irá adquirir controle de suas emoções e ações. 

Tudo isso apenas com o uso das atividades para trabalhar a inteligência emocional, mas não se esqueça que o trabalho no consultório, discutindo todos os pontos explorados na atividade, é igualmente importante para o desenvolvimento da inteligência emocional por parte do paciente. 

Automotivação

A automotivação é um excelente mecanismo para treinar o autocontrole combinado com a habilidade de reconhecimento de emoções e sentimentos. 

Muitas atividades necessitam um esforço maior da nossa parte, atividades que, muitas vezes, não são divertidas, porém sempre necessárias. Esse tipo de tarefa é sempre tachada como “chata” e “cansativa”, mental ou fisicamente. Por isso, é importante estimular a automotivação, fazer o paciente entender que atividades que são necessárias e chatas, após serem completadas, podem ser seguidas de alguma atividade legal e divertida. 

É através dessa lógica que seria interessante trabalhar cronogramas e horários, para entender melhor que depois de fazer a tarefa de escola, ainda é possível sobrar tempo suficiente para jogar videogame, ou brincar com os amigos, por exemplo. 

Sugiro que monte planilha com seu paciente, que pode ser baixada gratuitamente e irá ajudar na hora de organizar essas ideias e as atividades para trabalhar a inteligência emocional

Empatia

Não há sentimento mais importante e humano que a empatia. Para atingir qualquer objetivo mental no campo da psicologia, é necessário ter empatia. O desenvolvimento de uma emoção tão importante como essa não pode ser tratado com descuido nem pouco caso, deve ser discutido e trabalhado no consultório não só através de conversas mas também com alguns jogos e atividades para trabalhar a inteligência emocional

O sentimento de empatia é o de se colocar no lugar dos outros, sentir pelo próximo, tanto as dores quanto as felicidades, por isso, esse jogo acaba sendo muito útil para desenvolver esse tipo de consciência. 

Além do jogo, esse livro também pode ajudar no assunto. As duas atividades irão ensinar sobre se colocar no lugar do outro e respeitar o próximo. 

Saber se relacionar interpessoalmente

Saber se relacionar interpessoalmente

Por último, mas não menos importante, o pilar do convívio social. Ter relações sociais é extremamente relevante para um psicológico saudável e funcional. O convívio social adequado requer certas habilidades sociais específicas para cada contexto, pois cada situação social é diferente e deve ser interpretada para que seu convívio e interação seja aceitável. 

Para desenvolver essas habilidades, é necessário a prática – interação entre pessoas – para isso, você pode criar grupinhos de habilidades sociais no seu consultório para estimular e instigar as habilidades sociais de cada paciente. 

Esses são os 5 pilares a serem alcançados por seus pacientes para que eles possam adquirir inteligência emocional, e aqui nesse texto eu forneci algumas ideias de atividades para trabalhar a inteligência emocional, que tornam o caminho menos monótono e desagradável, e mais divertidos e descontraídos, um importante passo para fortalecer o autoconhecimento dos seus pacientes.

Para mais ideias de atividades atividades para trabalhar a inteligência emocional entre nesse link aqui tem VÁRIOS jogos e atividades que ajudam a trabalhar as emoções do seu paciente.
https://www.lojaterapeutainfantil.com.br/recursos-terapeuticos/habilidades-emocionais/
Se você gostou desse conteúdo me siga no Instagram, lá eu dou muitas dicas de atividades e muito mais!

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
17 de abril de 2024
Tornar-se um especialista em psicologia...
Calandar (2)
11 de abril de 2024
Abrir um consultório de psicologia...
Calandar (2)
7 de abril de 2024
Planejar uma consulta de psicologia...
Calandar (2)
3 de abril de 2024
A busca por especialização em...
Calandar (2)
28 de fevereiro de 2024
A intervenção de qualquer transtorno...
Calandar (2)
27 de janeiro de 2024
A prática da psicologia infantil...
Calandar (2)
25 de janeiro de 2024
A Psicologia Infantil desempenha um...
Calandar (2)
21 de janeiro de 2024
O desenvolvimento emocional e cognitivo...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo