10 sintomas da ansiedade infantil e como ajudar a criança

10 sintomas da ansiedade infantil e como ajudar a criança
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

Discutir e conhecer os  sintomas da ansiedade infantil é extremamente importante e relevante para as crianças do nosso século.

E a psicologia tem desempenhado um papel fundamental na identificação e compreensão dos  sintomas da ansiedade infantil, bem como no desenvolvimento de estratégias de intervenção. Como os que eu preparei aqui neste texto para que você possa conhecer um pouco mais sobre o assunto. 

1. Preocupações excessivas

Um dos sintomas mais comuns da ansiedade infantil é a preocupação excessiva, também presente nos adultos. Crianças ansiosas tendem a se preocupar intensamente com situações ou eventos que outras crianças podem não considerar tão ameaçadores. Por exemplo, eles podem se preocupar com a segurança de seus pais, mesmo quando não há motivo real para preocupação.

O que a psicologia diz: A psicologia considera a preocupação excessiva como um dos principais sintomas da ansiedade infantil. A terapia cognitivo-comportamental (TCC) tem sido eficaz no acompanhamento desse sintoma, ajudando as crianças a identificar e desafiar pensamentos ansiosos irracionais.

2. Nervosismo ou inquietação

Crianças ansiosas muitas vezes exibem sinais de nervosismo ou inquietação. Elas podem ter dificuldade em se acalmar, ficando agitadas, inquietas ou incapazes de relaxar. A inquietação é frequentemente associada à ansiedade. E a TCC pode ensinar técnicas de relaxamento, como exercícios de respiração profunda e mindfulness, para ajudar as crianças a lidar com as consequências do sintoma.

3. Evitação de situações

Crianças com  sintomas da ansiedade infantil muitas vezes tentam evitar situações ou lugares que acreditam serem desencadeadores de sua preocupação. O que pode incluir a escola, atividades sociais, eventos familiares ou até mesmo simplesmente sair de casa.

Para a psicologia, a evitação é uma estratégia de enfrentamento comum entre crianças ansiosas, e a terapia é voltada a exposição gradual a situações temidas para ajudar as crianças a enfrentar suas ansiedades e a aprender que essas situações não são tão ameaçadoras quanto parecem.

4. Sintomas físicos

A ansiedade pode se manifestar fisicamente em crianças. Elas podem reclamar de dores de cabeça, dores de estômago, sudorese excessiva, taquicardia e até mesmo problemas gastrointestinais.

Os  sintomas da ansiedade infantil físicos são uma resposta natural do corpo ao estresse e à ansiedade. E a psicologia ajuda as crianças a entenderem a ligação entre suas emoções e seus sintomas físicos, bem como a aprender a controlar essas respostas.

5. Irritabilidade

Crianças ansiosas frequentemente apresentam irritabilidade. Elas podem ficar facilmente frustradas, zangadas ou mal-humoradas, e suas mudanças de humor podem ser frequentes e imprevisíveis.

A irritabilidade é um sintoma comum em transtornos de ansiedade infantil. Durante a terapia, o profissional pode ensinar estratégias de gerenciamento da raiva e ajudar as crianças que sofrem com os sintomas da ansiedade infantil a desenvolver habilidades emocionais.

6. Problemas de sono

A ansiedade pode afetar o sono das crianças. Elas podem ter dificuldade para adormecer, acordar frequentemente durante a noite ou ter pesadelos relacionados a suas preocupações.

A higiene do sono e a criação de rotinas de sono saudáveis podem ajudar a melhorar os problemas de sono em crianças ansiosas. A terapia também pode abordar preocupações específicas que afetam o sono.

10 sintomas da ansiedade infantil e como ajudar a criança

7. Medo de separação

O medo de separação é um sintoma comum de ansiedade infantil, especialmente em crianças mais jovens. Elas podem ter dificuldade em se separar de seus pais ou cuidadores, mesmo que seja apenas por um curto período de tempo.

A Terapia Cognitivo Comportamental frequentemente inclui estratégias para lidar com o medo de separação, incluindo o desenvolvimento de um plano de separação gradual.

8. Perfeccionismo

Algumas crianças ansiosas podem se esforçar muito para serem perfeitas em tudo o que fazem. Elas podem ficar extremamente frustradas quando não conseguem atingir seus padrões elevados.

O perfeccionismo é um dos  sintomas da ansiedade infantil que mais contribui com sentimentos relacionados à ansiedade. E o psicoterapeuta pode ajudar as crianças a estabelecer metas realistas e a lidar com a frustração quando as coisas não saem como planejado.

9. Medo de desempenho

Crianças ansiosas muitas vezes têm medo de situações que envolvem desempenho, como falar em público, fazer exames ou participar de apresentações na escola. Elas podem se preocupar excessivamente com o julgamento dos outros.

A terapia, neste caso, frequentemente envolve a exposição gradual a situações de desempenho para ajudar as crianças a enfrentar seus medos e a ganhar confiança.

10. Dificuldade em concentrar-se

A ansiedade pode afetar significativamente a capacidade de concentração das crianças. Elas podem ter dificuldade em prestar atenção nas aulas ou em tarefas acadêmicas, devido às preocupações constantes e aos demais  sintomas da ansiedade infantil.

Através da TCC, o psicoterapeuta pode ensinar técnicas de foco e atenção plena para ajudar as crianças a melhorar sua concentração, apesar da ansiedade.

E por que a TCC? 

A preferência pela TCC (Terapia Cognitivo-Comportamental) no tratamento da ansiedade infantil é baseada em vários fatores que a tornam uma abordagem altamente eficaz e amplamente recomendada:

10 sintomas da ansiedade infantil e como ajudar a criança

Evidência científica: A TCC é respaldada por uma forte base de evidências científicas que comprovam sua eficácia no tratamento de uma variedade de transtornos de ansiedade em crianças e adolescentes. Estudos clínicos consistentemente demonstraram resultados positivos.

Abordagem estruturada: A TCC é uma terapia estruturada e baseada em metas, o que a torna particularmente adequada para crianças. Ela fornece diretrizes claras e atividades práticas que ajudam as crianças a entenderem e gerenciarem sua ansiedade de maneira tangível.

Foco no aqui e agora: A TCC se concentra no presente, o que a torna relevante e acessível para crianças. Em vez de mergulhar profundamente no passado, como algumas outras abordagens terapêuticas, ela ajuda as crianças a lidar com os desafios imediatos.

Envolvimento dos pais: A TCC muitas vezes envolve os pais na terapia, capacitando-os a apoiar efetivamente seus filhos na gestão da ansiedade. Isso é particularmente importante, pois os pais desempenham um papel crucial no ambiente de desenvolvimento da criança.

Habilidades para a vida: Além de aliviar os sintomas da ansiedade, a TCC equipa as crianças com habilidades valiosas para a vida. Elas aprendem a identificar e enfrentar pensamentos e emoções negativas, melhorar a resiliência emocional e desenvolver mecanismos saudáveis de enfrentamento.

Personalização: A TCC pode ser adaptada às necessidades específicas de cada criança. Não é uma abordagem única para todos, permitindo que o terapeuta personalize as técnicas com base na idade, desenvolvimento e personalidade da criança.

Prevenção de recorrências: A TCC não apenas trata a ansiedade atual, mas também se concentra em prevenir recaídas no futuro. As crianças aprendem estratégias que podem aplicar ao longo da vida para enfrentar situações estressantes.

Por todas essas razões, a TCC é uma escolha preferencial quando se trata de lidar com os sintomas da ansiedade infantil, proporcionando às crianças as ferramentas necessárias para enfrentar e superar seus medos e preocupações.

É importante destacar que a ansiedade infantil não é, necessariamente, uma condição permanente, e as crianças que recebem apoio adequado podem aprender a lidar com seus sintomas e a viver vidas mais felizes e saudáveis. Você pode encontrar mais sobre clicando aqui

Os pais, cuidadores e profissionais de saúde desempenham papéis cruciais na identificação e no acompanhamento da criança que sofre com ansiedade, fornecendo o suporte necessário para que as crianças possam prosperar emocionalmente. Eu disponibilizo diversos materiais e dicas para que você possa dar continuidade às práticas da terapia em casa nas minhas redes sociais (YouTube, Facebook e Instagram

Se você suspeitar que uma criança está sofrendo de ansiedade, é fundamental procurar ajuda de um profissional de saúde mental para avaliação e orientação adequadas. E esses profissionais são mais do que qualificados para realizar um atendimento humanizado e particularizado para você e seu pequeno, ou pequena. 

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
14 de julho de 2024
A terapia comportamental no autismo...
Calandar (2)
5 de julho de 2024
O Transtorno do Espectro Autista...
Calandar (2)
1 de julho de 2024
A hiperatividade infantil é um...
Calandar (2)
20 de maio de 2024
A integração necessária para a...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo