Descubra até quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia!

Descubra até quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia!
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

Afinal de contas, existe ou não uma lei específica que determina quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia? Antes de irmos direto ao ponto, acho interessante delinear uma unidade de medida para o tão precioso tempo que dedicamos ao atendimento dos nossos pacientes. 

Há um documento nomeado “Parâmetros para o planejamento e dimensionamento da força de trabalho em hospitais gerais” elaborado pelo Observatório de Recursos Humanos em Saúde do Estado de São Paulo e publicado no ano de 2006 que define este momento voltado à assistência psicológica de uma pessoa como “hora-assistencial”. 

Este conceito tem sido utilizado pelos demais estados brasileiros, e ele inclui em sua gama as as atividades técnicas e a aplicação de procedimentos de assistência à saúde psicológica nas formas direta, que envolvem interação com o paciente, e indireta, que ocorrem nos momentos de análise e estudo das interações. 

Os reflexos daquilo que é enfrentado pela pessoa em atendimento em seus familiares, cuidadores, amigos, e demais pessoas do seu convívio íntimo, ou seja, o impacto gerado em seu círculo social estão, também, incluídos na assistência psicológica prestada e podem, sim, interferir em quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia. 

Descubra até quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia!

Desta forma, quando ofertamos uma hora-assistencial, o serviço que será prestado abrange o tempo que levamos para nos preparar para o atendimento, a leitura de um prontuário, a elaboração de documentos, separar e selecionar os materiais ou brinquedos que serão utilizados, eventuais discussões de caso, orientações familiares, escolares, etc., encaminhamentos à profissionais de outras áreas que irão prestar auxílio, elaboração de documentos, evolução em prontuários, isto é, o cálculo de quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia não depende unicamente do tempo disposto durante a sessão. 

Não há, portanto, uma regulamentação legislativa que irá determinar a quantidade de pacientes que podem ser atendidos em um dia de trabalho. As poucas resoluções que efetivamente estipulam um número, desconsideram a complexidade da nossa atuação e atenção, fazendo com que, se seguidas, haja sobrecarga do profissional e subaproveitamento do tempo.  

A jornada de 30 horas semanais é a mais recomendada, por adequar o número de atendimentos proporcionalmente ao dia de trabalho de um terapeuta sem prejudicar, ou interferir, na hora-assistencial. 

O que diz o CRP do seu estado? 

Existem parâmetros federais a serem respeitados, porém a decisão final cabe ao Conselho Regional de Psicologia de cada estado definir quais os parâmetros de atendimento que melhor correspondem aos profissionais e pacientes locais, e suas respectivas dinâmicas e demandas e quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia dentro daquela região. O que nós, terapeutas, devemos ter em mente, é a preservação da nossa própria saúde mental, que está sujeita tanto quanto em qualquer outra profissão a ser prejudicada.

Passado o momento de encantamento com a novidade de estarmos inseridos em um novo grupo, um novo ambiente, de conhecer novos pacientes, no qual acreditamos que quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia é um número elástico e “sempre cabe mais um”, é natural que a pressão para mantermos a qualidade do nosso atendimento se faça presente e afeta a nossa autoestima profissional, um fator constituinte para o êxito do nosso trabalho. 

E daí vem a necessidade do estabelecimento de limites, seja por nós mesmos, seja pelas instituições que zelam pelo nosso bem estar profissional. 

A atuação do profissional de psicologia pode incluir os mais diversos ambientes e demandas. Hospitais, escolas, casas lar, CRAS, ou um consultório particular, por exemplo. Os parâmetros de dimencionamento para saúde a fim de estabelecer quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia serão aplicados, então, a fim de garantir a saúde dos pacientes e dos profissionais que irão atendê-los. 

Atenção primária, que identifica as necessidades dos indivíduos e organiza a promoção de ações preventivas, de reabilitação e de educação em Consultórios na Rua e Unidades Básicas de Saúde, por exemplo, com demandas variáveis e sistematização multiprofissional. 

Atenção secundária, relativa aos atendimentos ambulatoriais, em ambientes de internação,  especializados, com intervenções e recursos específicos voltados ao apoio diagnóstico e terapêutico por longos períodos, envolvendo profissionais de diversas áreas e o compartilhamento de prontuários e elaboração de projetos terapêuticos.

Descubra até quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia!

E atenção terciária, considerada a de maior complexidade e de alto custo, que abrange terapias e procedimentos que exigem elevada especialização por parte dos profissionais envolvidos para realizarem as intervenções com conhecimento de causa. Este último urge tempo para profunda e cuidadosa análise e acompanhamento dos demais profissionais, fator que diminui consideravelmente quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia

Então, é sempre bom conferir os documentos compartilhados pelas instituições regionais.

O que diz a Tia Paulinha? 

Eu acredito que o número ideal de pacientes seja 5 por dia trabalhado para evitar, a todo custo, o esgotamento mental. Assim como nossos pacientes, nós também temos um limite emocional e psicológico que deve ser observado, acolhido e considerado durante a constante exposição à situações de tensão que nós vivemos.

Quando o nosso cérebro se encontra sobrecarregado com informações, atividades, e emoções há considerável aumento da liberação de cortisol no sangue, um hormônio liberado quando o corpo está sob estresse, o que leva à instabilidade no sistema nervoso central. 

Ao decidir quantos pacientes um psicólogo pode atender por dia, o responsável por “organizar a agenda” sempre deve considerar que atendimentos seguidos, que não permitem tempo para análise dos prontuários, para usar o banheiro, para se alimentar com tranquilidade, que não consideram o tempo de deslocamento entre unidades, caso sejam em locais diferentes, são os cargos que devemos evitar ao máximo. 

Infelizmente, grande parte dos planos de saúde que contratam psicólogos visam o lucro acima da qualidade do atendimento prestado e do bem estar do profissional e agendam, aproximadamente, até 12 pacientes para o mesmo dia, além de a remuneração ser abaixo do que nos é digno. 

Outro ponto que deve ser considerado é o tempo que será destinado à sua formação e especialização. Como uma área orgânica, a psicologia requer contínuo estudo para que nós possamos sempre oferecer o melhor aos nossos pacientes. 

É justamente para promover a não precarização do nosso trabalho que eu elaborei com tanto cuidado o PsicoPlano Infantil, e é a principal razão pela qual eu busco incentivar, sempre que possível, a migração para os atendimentos particulares. Mesmo que não seja possível agora, nós podemos, juntos, planejar para que seja possível em um futuro próximo. 

Ainda tem dúvidas sobre qual o seu perfil de atendimento? Eu sempre compartilho informações, visões e perspectivas sobre práticas e a atuação do psicoterapeuta nas minhas redes sociais YouTube, Tiktok e Instagram

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
17 de abril de 2024
Tornar-se um especialista em psicologia...
Calandar (2)
11 de abril de 2024
Abrir um consultório de psicologia...
Calandar (2)
7 de abril de 2024
Planejar uma consulta de psicologia...
Calandar (2)
3 de abril de 2024
A busca por especialização em...
Calandar (2)
28 de fevereiro de 2024
A intervenção de qualquer transtorno...
Calandar (2)
27 de janeiro de 2024
A prática da psicologia infantil...
Calandar (2)
25 de janeiro de 2024
A Psicologia Infantil desempenha um...
Calandar (2)
21 de janeiro de 2024
O desenvolvimento emocional e cognitivo...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo