Minha filha chora para ir para a escola, como posso ajudá-la?

Minha filha chora para ir para a escola, como posso ajudá-la?
Paulinha Psico Infantil

Paulinha Psico Infantil

Olá, sou a Paulinha, psicóloga infantil com foco em transtornos do neurodesenvolvimento. Crio conteúdos na internet desde 2015 e ajudo milhares de mães e outras profissionais da área todos os dias aqui e em minhas redes sociais.

Ser mãe, ou pai, é uma das aventuras mais inexplicáveis nas quais nós podemos embarcar. Afinal, não existe curso, livro ou dica que nos prepare efetivamente para exercer a função de apoiar nossos filhos na sua caminhada para uma vida próspera e feliz. Uma das primeiras incógnitas é o que fazer quando minha filha chora para ir para a escola

Quando uma criança chora para ir para a escola, pode ser uma situação desafiadora para os pais lidarem. É natural que haja preocupação e os pais queiram entender a causa desse comportamento, se é externa ou relacionada à questões internas da criança, e assim por diante. 

Eu resolvi, então, explorar algumas estratégias e soluções que podem te ajudar quando você se depara com a questão “minha filha chora para ir para a escola, e agora?”. Vamos juntos ajudar a sua pequena a encontrar uma saída! 

Compreender as razões por trás das lágrimas

É sempre relevante tentar investigar as razões por trás das lágrimas da sua filha. Ela pode estar enfrentando algum problema na escola, como dificuldades de relacionamento com colegas ou professores, bullying, medo do ambiente escolar, insegurança ou até mesmo ansiedade de separação. 

Estabelecer uma forma de comunicação aberta e empática com sua pequena é essencial para entender as preocupações e sentimentos que ela está vivenciando em seu dia a dia. Nós devemos nos perguntar “Por quê minha filha chora para ir para a escola?” antes de elaborar qualquer teoria ou conclusão, baseando-se na realidade vivida pela criança. 

Validar os sentimentos 

Demonstrar empatia e validar os sentimentos das crianças é de extrema importância durante a infância, para que elas se sintam ouvidas e aprendam a comunicar seus sentimentos, incômodos, pensamentos, etc. 

Dizer a ela que você entende que ela está se sentindo triste ou com medo, e que nós sentimos essas emoções mesmo adultos, ajuda a criar um ambiente seguro no qual ela se sente compreendida e apoiada, assim como a nomear as emoções. 

Entre em contato com a equipe escolar

Entre em contato com a escola e compartilhe suas preocupações. “Minha filha chora para ir para a escola, o que nós podemos fazer?”. É sempre bom integrar os profissionais que recebem a criança e comunicar o que está acontecendo fora do ambiente escolar. 

Ao conversar abertamente sobre os sentimentos da sua filha com os professores, coordenadores ou orientadores educacionais para entender melhor o que pode estar acontecendo, é possível discutir soluções que envolvam ambos os lados. 

Trabalhar em parceria com a escola é sempre uma saída positiva que irá auxiliar no processo de encontrar estratégias para tornar a transição de casa para a escola mais fácil e agradável para sua menina. 

Minha filha chora para ir para a escola, como posso ajudá-la?

Criar uma rotina matinal agradável

Estabelecer uma rotina matinal tranquila e agradável pode ajudar a reduzir a ansiedade em relação à escola. Reserve tempo suficiente para que ela possa acordar com calma, tomar um café da manhã nutritivo e participar de atividades relaxantes, como escolher a roupa, conferir o material ou quais as aulas que terá no dia. 

Uma rotina matinal positiva pode ajudar a criar uma associação mais positiva com o momento de se deslocar até a escola, fazendo da ida e da volta uma experiência que conta com a atenção da criança. 

Envolver a criança na preparação para a escola

A minha filha chora para ir para a escola, eu arrumo ela chorando mesmo? O ideal é dar tempo para que a criança encontre meios de se regular, não interromper ou punir o choro. E iniciar as atividades de preparo quando ela estiver calma. 

Inclua ela nas atividades de preparação para a escola. Por exemplo, permita que escolha sua roupa ou prepare sua lancheira. Isso trará uma sensação de controle e participação ativa no processo, ajudando-a a se sentir mais confiante e motivada. 

Atualize a escola

Manter uma comunicação frequente e aberta com a escola é essencial para o estabelecimento de uma relação positiva da criança com o ambiente escolar. 

Trabalhar em colaboração com os profissionais da escola significa, além de identificar estratégias de apoio adicionais, se necessário, comunicar os avanços e as novas conquistas para que possam, também, ser celebrados em conjunto. 

Incentivar o contato com os colegas

Mas, se minha filha chora para ir para a escola, será que os colegas não são o problema? É uma problemática natural, e comum. Porém, nós não devemos responsabilizar outras crianças arbitrariamente, sem antes analisar a situação como um todo. 

Encorajar sua filha a estabelecer amizades com os colegas de classe é o mais indicado. Organize encontros fora da escola, como passeios ou brincadeiras, para que ela possa interagir e criar vínculos positivos com outras crianças é também uma opção saudável. 

Mas, Paula, a minha filha chora para ir para a escola e diz que se sente ameaçada, com medo de alguém específico, quem eu procuro? As nossas crianças nunca estarão completamente livres da possibilidade de encontrar conflitos. 

E a melhor opção é relatar a situação para a equipe pedagógica para que haja um trabalho de integração, respeito, e comunicação não agressiva, entre outros, com todos os envolvidos, que pode ajudar a promover um senso de pertencimento e tornar a escola mais agradável para todos. 

Minha filha chora para ir para a escola, como posso ajudá-la?

Buscar apoio profissional

Mesmo após todos os meus esforços, a minha filha chora para ir para a escola todos os dias. Ela precisa procurar uma psicóloga? 

Se as dificuldades persistirem e sua pequena continuar chorando, pode ser útil buscar o apoio de um profissional, como um psicólogo infantil. Um profissional qualificado poderá avaliar a situação mais a fundo, fornecer estratégias personalizadas e auxiliar no manejo das emoções.

Lidar com o choro pode ser desafiador nos mais diversos contextos, mas lembre-se de que existem estratégias que podem te ajudar a tornar essa transição mais suave. Seja paciente, ofereça apoio emocional e trabalhe em conjunto com a escola para criar um ambiente seguro e acolhedor para sua filha. 

No meu blog para pais eu compartilho algumas destas estratégias e muitos mais para ajudar os papais e mamães a terem uma experiência cada vez mais completa e positiva.  Nas minhas redes (Instagram, Facebook,YouTube e TikTok)  você pode conferir também dicas de livros, práticas e situações que ajudam a promover um desenvolvimento psicologicamente saudável e positivo. Não deixe de me visitar! 

Compartilhe esse conteúdo
WhatsApp
Facebook

Tópicos do Conteúdo

Conteúdos que você também pode gostar
Calandar (2)
20 de maio de 2024
A integração necessária para a...
Calandar (2)
15 de março de 2024
As estereotipias do autismo são...
Calandar (2)
13 de março de 2024
O hiperfoco infantil é um...
Calandar (2)
11 de março de 2024
O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é...
Calandar (2)
5 de março de 2024
Os transtornos infantis são condições...

Newsletter: Receba Notícias e Conteúdos

Receba as novidades do mundo da Terapia Infantil toda semana!

Jornada Terapeuta Infantil de Sucesso

Aprenda a se desenvolver mais como terapeuta infantil, como lotar sua agenda e fazer a gestão do seu consultório do zero.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Descubra como trabalhar todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil.

TERAPEUTA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Aprenda como atuar em todas as demandas clínicas eliminando qualquer insegurança no atendimento infantil, através da metodologia IAMF.

PSICÓLOGA INFANTIL NÃO PERCA!!!

Digite o que procura abaixo